sábado, 30 de julho de 2011

Recordar é Viver

Angola: 1963.  Uma noite bem aproveitada em que a caça à pacaça e ao veado foi de arromba conforme se pode ver pela imagem e pelo estado do Jips Willis que acabou por não aguentar o peso e as picadas muito acidentadas. Embora não visível, as duas molas traseiras do Jipe (mola carroça) partiram. Foi o Sr. Dias, (na imagem com uma mão em cima da cabeça da pacaça), que transportou estes animais numa das suas viaturas, até ao Acampamento Militar. O amigo Dias, um dos melhores civis que encontrei em Angola, tinha uma serração de madeiras, junto à linha férrea na Beira Alta em Angola. Continua...

8 comentários:

folha seca disse...

Caro Teófilo
A memória é o nosso melhor património, mesmo que as recordações não sejam só boas.
Abraço e bom fim de semana

Rui da Bica disse...

Amigo Teófilo . Tive a sorte de me "safar" desse pesadelo, mas também, por isso, não tenho que contar. :))
Em fins de 65 ainda estava por cá (em serviço militar) à espera que os meus camaradas regressassem, para poder passar à disponibilidade. "Paguei" em tempo, mas por cá !
.

José Sousa disse...

Caro amigo Teófilo!
Interessante! Muito bom este teu escrito sobre o que acontecia em Angola! O meu pai também matava Palanca, javali e veado! Nesses anos eu já lá estava. gosto de ler coisas assim. Adoro ler o que ecreves.

Estive um tempo ausente por motivos de doença com minha mãe, mas tudo melhorou graças a Deus.

Se ainda não conheces o meu "Transpondo Barreiras", vai lá e me acompanha no filme da minha vida!
Um grande abraço e passa um bom Domingo

edumanes disse...

Caro amigo Teófilo, nesse dia tiveram o rancho melhorado.
Quanto ás molas do jip willis, essas é que não aguentaram.
Também em Angola, não no Exército, mas na PSP, fui condutor dum jip willis, cujas malas eram fracas para o peso que carrecavamos neles.
Naquelas anharas, até nem sei como aguentavam tanto.
Um abraço,
Eduardo.

Teófilo Silva disse...

folha seca.

Sempre estive naquela guerra sem preocupações. Tenho boas recordações daquele belo país que é Angola.

Um abraço e um bom fim de semana.

Teófilo Silva disse...

Rui da Bica.

O amigo Rui cumpriu o seu dever como nós. Só que não sabe o que perdeu por não ter cumprido o serviço militar em África. Há quem se queixe de ter sido mobilizado ou simplismente por ter sido obrigado a cumprir o serviço militar. Eu sempre me dei bem com as duas situações.

Um abraço e um óptimo fim de semana.

Teófilo Silva disse...

José Sousa.

Amigo José, nem imagina as boas noitadas que passei à caça de pacaças, veados e algumas vezes até animais ferozes como mais adiante mostrarei.

Espero que a sua mãe já esteja melhor.

Um abraço e um óptimo fim de semana.

Teófilo Silva disse...

edumanes

Amigo Eduardo, o nosso rancho foi melhorado durante uns dias. Mas lá não havia crise de carne. Era só ligar um pequeno holofote à bateria do carro e ter boa pontaria e ter sorte de nessa noite encontrar caça o que nem sempre acontecia.

Os jips tinham molas que não aguentavam as cargas a que eram sujeitos.

Bom fim de semana.

Um abraço.

About

.